Lula faz uma declaração que deixa os deputados apreensivos: Olhem!

Em encontro entre Lula e bancadas do PT no Senado e também na Câmara, foi entregue uma mensagem do ex-presidente, que deixou alguns deputados apreensivos. Vamos ver um pouco mais sobre o que realmente aconteceu durante aquela reunião.

No encontro que teve nesta segunda-feira com a bancada do PT no congresso, Lula deixou uma opinião e uma ação que para muitos foi polêmica. A ideia principal é que haja uma defesa de sua parte de que legisladores com mandados não devem receber mais recursos do que outros candidatos que devem tentar fazer campanha no próximo ano.

No entanto, esta não foi a única pauta posta em jogo durante a reunião, visto que também foram levantados alguns pontos interessantes sobre o atual presidente Jair Bolsonaro. De uma forma geral, foi feito um balanço mais completo dos atos relacionados com a vontade da oposição e também da forma como esta se comportou.

Lula pronouncement

Segundo Jean Paul Prates, senador pelo Rio Grande do Norte, foi acertado que o balanço das pessoas nas manifestações foi muito positivo. De acordo com os seus relatos, é claro que é possível levar as pessoas às ruas, apesar de as últimas manifestações terem um número de pessoas inferior ao que ocorreu no dia 7 de setembro.

É claro que durante a reunião muitas críticas foram feitas em relação ao governo Bolsonaro, porém, o assunto que mais interessou foi uma das mensagens do ex-presidente Lula, que deixou muitos deputados um pouco apreensivos com as candidaturas para o ano. a partir de 2022, vamos ver um pouco mais sobre isso!

Apesar de ser algo bastante interessante, muitas pessoas se questionaram sobre o real motivo do ex-presidente fazer tal ação. Esse ainda é um assunto que deve ser bem discutido, porém, já está claro que alguns candidatos estão apreensivos com o que pode acontecer.

Lula pronouncement

Ele também citou que não quer impedir ninguém de tentar a sorte nas urnas no próximo ano, o que, é claro, pode levar ao afastamento de deputados já eleitos de seus cargos. Apesar de tudo o que poderia acontecer com esta decisão, nenhum dos parlamentares presentes queria enfrentar o PT, mas é claro que, depois disso, um grupo fez questão de fazer uma “reclamação”.

Como já foi dito, essa é uma questão que deve ser avaliada com cuidado, mas já está claro que o petista não quer mudar de opinião sobre essa possibilidade. Claro, este também é um bom momento para algumas pessoas que buscam ser eleitas para diferentes cargos políticos no próximo ano, já que o orçamento de campanha será o mesmo.

Com todo o cenário político e social emergente no Brasil, muitos são os temas a serem trabalhados. E, também é importante lembrar que Lula tem muitas intenções de voto e luta diretamente contra as intenções de voto de Bolsonaro. Não se sabe exatamente como isso vai terminar, mas sabemos que os dois lados ainda estão fortes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.