Nova tempestade de areia faz estragos no interior de São Paulo!

Um novo fenômeno relacionado a uma tempestade de areia virou manchete em São Paulo. Tudo aconteceu por volta das 14h35 de sexta-feira. Até o momento, o fenômeno foi confirmado pela prefeitura de Andradina, que também deixou clara a presença de fortes ventos na região.

O impacto foi tão grande que algumas regiões ficaram completamente sem energia. Em Presidente Prudente, foi possível observar ventos que chegaram a 103 km / h. As autoridades da região emitiram um comunicado pedindo a todos na área que evitem ao máximo as áreas de risco.

De maneira geral, a cidade de Presidente Prudente afirma ter mobilizado algumas equipes para atuar nos mais diversos casos que ali possam ocorrer. No comunicado foi dito que a prioridade é atender às chamadas que apresentem maior probabilidade de risco à integridade da população, ou seja, fios elétricos no solo, árvores que podem cair nas residências e muitos outros problemas foram enfocados durante esse Tempo.

Ainda nesse mesmo comunicado, foi destacado que a Coordenação de Defesa e Proteção Civil informou que há muitas possibilidades de ocorrência de novas tempestades, principalmente durante aquela sexta-feira. Com isso, a orientação para que as pessoas não fiquem em áreas de risco tornou-se ainda mais relevante.

Tempestade de areia em SP

Ao final da tarde daquele dia, foram registradas cerca de 75 ocorrências referentes a esta tempestade de areia, muitas delas envolvendo queda de árvores. Muitas dessas situações ocorreram em vias públicas, com grande fluxo de veículos, em alguns casos nas que davam acesso a hospitais e escolas. Por outro lado, também não havia muita informação sobre moradores de rua que foram vítimas graves.

A cidade de educação também considera outros dados importantes. A secretaria de educação ainda está realizando um processo de varredura em todas as 65 unidades de ensino da região para saber se houve algum dano grave às instituições. Se algo aconteceu com alguma escola, as aulas podem ser suspensas até novo aviso.

Não é a primeira tempestade de areia que atinge São Paulo, mas com certeza é uma das que assusta muito, porque buscar abrigo em uma situação como essa pode ser um grande desafio. O comunicado final deve ser divulgado em breve, mas no geral sabe-se que houve muitos danos e é necessária alguma atenção no caso.

Por fim, a internet se encheu de informações sobre esse evento. Afinal, como tudo isso pode acontecer? As pessoas estão assustadas com os acontecimentos e procuram cada vez mais uma solução mais simples para este problema. As tempestades podem continuar, por isso é importante ter um certo “plano de contenção”.

Na opinião de muitos internautas, a causa desses fenômenos está relacionada ao descuido com o meio ambiente, para outros esse é um evento mais comum, pois no último dia 26 outra tempestade de areia ocorreu em São Paulo, desta vez na região de Ribeirão Preto.

Pedro Cortês, professor do IEE / USP, acredita que a verdadeira causa desse evento foi a baixa umidade do solo, impossibilitando a retenção da areia na superfície. Então, quando o vento vier, ele pode facilmente levá-la para outro lugar.

Veja mais imagens:

Tempestade de areia em SP

Tempestade de areia em SP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.