IMPOSTO DE RENDA 2022 — Declaração, Restituição, Receita

Entre março e abril, poucas pessoas escapam: é preciso enfrentar o mais temido tributo brasileiro: o imposto de renda 2022. Enfrentar o leão – o animal escolhido como mascote do IR nos anos 70 – não é uma tarefa agradável. No entanto, todos os cidadãos cuja renda exceda um determinado valor devem-se reportar a Receita Federal todos os anos.

O resumo da idade adulta é ter que fazer a declaração de imposto de renda passo a passo. E se você veio até aqui, é porque as obrigações fiscais estão batendo à porta, ou você tem um bom motivo para fazer isso, por exemplo, solicitar a aprovação de visto de outro país.

É necessário informar integralmente seus custos e evitar multas ou quaisquer problemas com as autoridades. Abaixo, você irá descobrir tudo o que precisa saber sobre o tão temido imposto de renda 2022. Confira!

Imposto de Renda 2022

Como o nome sugere, trata-se de um imposto federal sobre a renda, e que também monitora sua evolução patrimonial. Para realizar essa vigilância, o governo exige que os trabalhadores e as empresas informem a Receita Federal sobre sua renda anual.

Imposto de Renda 2022

Ao longo do ano, você pode ganhar dinheiro e gastar. Geralmente, a renda é tributada no momento da coleta. No ano seguinte, o “leão” avaliará se as taxas que ele recebe de você, são realmente o que você precisa pagar, com base no tamanho da receita.

Para que o governo tenha todas essas informações, você precisa fazer uma “declaração de ajuste anual” do IRPF (Imposto de Renda da Pessoa Física). A declaração é geralmente do início de março ao final de abril. Além disso, você precisa listar todas as receitas e despesas de serviços do último ano.

Diferença entre IRPF e IRPJ

Além do Imposto de Renda da Pessoa Física, existe também o Imposto de Renda para Pessoa Jurídica. Veja a seguir as principais diferenças entre os dois impostos.

Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF)

O imposto de renda da pessoa física incide sobre a renda dos contribuintes que residem no país ou no exterior, mas que obtêm renda no Brasil.

A alíquota do imposto varia com os proventos, de modo que contribuintes que ganham um valor inferior ao limite estabelecido para a declaração anual obrigatória estão isentos de tributação.

Imposto de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ)

O imposto de renda corporativo aplica-se a empresas brasileiras. Nesse caso, a taxa de câmbio é aplicável ao lucro de acordo com a escala da atividade e de negócios realizados, podendo o lucro ser real, presuntivo ou arbitrado.

Portanto, de acordo com as regulamentações da Receita Federal, os contribuintes devem pagar taxas ao IRPJ, e suas pessoas jurídicas e assemelhadas são liquidadas no país.

Desde 1996, a taxa de lucro apurada do IRPJ é de 15%, com acréscimo de 10% sobre a parcela do lucro que exceder R$ 20.000,00 por mês.

Quem deve declarar o Imposto de Renda 2022

Segundo a Receita Federal, são obrigados a declarar o Imposto de Renda os contribuintes que:

  • Receberam rendimentos tributáveis (como salários e aluguéis), cuja soma anual foi superior a R$ 28.559,70.
  • Receberam rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte (por exemplo: indenizações trabalhistas, caderneta de poupança ou doações) em valor superior a R$ 40 mil.
  • Obtiveram, em qualquer mês, ganhos na venda de bens ou direitos sujeitos à incidência de Imposto de Renda, como imóveis vendidos com lucro.
  • Realizaram operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas (investimentos).
  • Tiveram, em 2020, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural.
  • Tinham, em 31 de dezembro de 2020, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil.
  • Passaram à condição de residentes no Brasil em qualquer mês e, nessa condição, encontravam-se em 31 de dezembro de 2020.

Declaração de Imposto de Renda 2022

Tem dúvidas de como fazer a sua declaração? Preparamos abaixo um passo a passo onde ensinaremos de maneira fácil e simples como você pode fazer a sua declaração de imposto de renda.

Confira: Declaração de Imposto de Renda 2022


Passo 1: Baixe o Programa da Receita Federal. Os programas podem ser selecionados para telefones celulares ou sistemas de computador, e os contribuintes podem escolher a plataforma que melhor se adapta ao seu estilo de vida;


Passo 2: Selecione o tipo de declaração. Se esta é a primeira vez que você faz isso, provavelmente é do tipo “declaração de ajuste anual”, porque o tipo final de espólio é para encerrar o período de tributação do contribuinte falecido e deixar o país permanentemente.


Passo 3: Neste momento, a Receita informará que você poderá preencher o formulário de declaração completo com facilidade e escolher o tipo de imposto de que precisa: completo ou simplificado. No final do preenchimento, você pode usar o gráfico de comparação para determinar qual modelo é melhor para o seu bolso.


Passo 4: Você só precisará preencher informações que você tem a oferecer, o resto não lhe cabe. Em outras palavras, há muito conteúdo na interface do programa, como “dívidas e despesas”, “imóveis” e alguns outros conteúdos, mas que não irão aplicar à sua situação.


Aconselhamos que comece o preenchimento pela seguinte ordem:

  • Informe tudo o que recebeu: salário décimo terceiro, valor descontado da previdência e valor de férias. Se recebeu valor de pessoa física como aluguel, ou outras transações. também deve declarar;
  • Informe tudo o que pagou;
  • Informe seus bens;
  • Verifique as pendências e submeta sua declaração para uma análise antes do envio.

Depois de preencher tudo, você pode escolher o tipo de tributação:

No entanto, após esta visita em seu computador, você precisa clicar em Verificar itens pendentes antes de selecionar ” Entregar Declaração “:

  1. Disco local;
  2. Arquivo de programa RFB;
  3. IRPF;
  4. Aplicativo;
  5. Dados;
  6. Abra a pasta com seu CPF;
  7. Selecione o arquivo com a extensão “XML” (arquivo de rascunho).

Não há erro ao acessar o RI, e carregue o extrato na plataforma. Após a análise, o sistema apontará os pontos de erro ou informações que possam estar no campo de erro, minimizando assim a chance de você cair na grade fina e ajudando a ajustar a frase.

Pronto! Depois de analisar tudo que preencheu e verificar as pendências, já você já pode retornar ao programa da Receita Federal Imposto de Renda e clicar em “Enviar declaração”.

Programa Imposto de Renda 2022

Assim que tiver os documentos necessários, é necessário fazer o download do “Programa Gerador de Declaração” (PGD IRPF 2021) no site da receita federal.

Pessoas com certificados digitais podem visitar a central de atendimento virtual e-CAC no site de receitas. Aqui você encontrará a declaração preenchida. O programa é baixado para o seu computador e a declaração é feita por ele.

Programa Imposto de Renda 2022

Existe três opções para enviar a declaração de imposto de renda 2020:

  • Programa
  • Meu Imposto de Renda (Ecac)
  • Aplicativo Play Store
  • Aplicativo APP Store

Todas as versões são gratuitas, caso queira baixar programa imposto de renda 2022, basta acessar o site da Receita Federal e clicar no sistema operacional de acordo com seu computador ou dispositivo.

Restituição Imposto de Renda 2022

Quando a Receita Federal detecta que o imposto pago pelo contribuinte excede o imposto devido, ocorre a restituição imposto de renda 2022. Portanto, ele tem direito a receber parte do pagamento. O valor será devolvido até dezembro do mesmo ano em que o valor foi divulgado.

Normalmente, quem pagou primeiro o IRPF 2022 também receberá o reembolso antecipadamente. A partir de maio do ano passado, o excesso do imposto foi devolvido aos contribuintes em cinco meses.

Restituição Imposto de Renda 2022

Para consultar restituição imposto de renda 2022 e ver se o valor foi creditado, siga o passo a passo abaixo:

  • Acesse http://servicos.receita.fazenda.gov.br/servicos/consrest/atual.app/paginas/mobile/restituicaomobi.asp;
  • Digite o CPF e data de nascimento;
  • Selecione o ano de exercício;
  • Preencha com o código de segurança;
  • Por fim, clique em “Avançar”.

Tabela Imposto de Renda 2022

Para calcular o valor do imposto de renda que um contribuinte deve pagar no ano anterior e, portanto, quanto ainda precisa ser pago, o IR compara o valor declarado com a tabela.

Contém a alíquota aplicada com base na receita declarada. Podem variar de acordo com o ano envolvido. Caso queira consultar a tabela básica de cálculo anual do IRPF, você pode verificar abaixo:

Confira a tabela imposto de renda 2022 disponibilizada pela Receita Federal:

Base de cálculo                                                      Alíquota             Parcela a deduzir do IR

  1. Faixa até R$ 22.847,76                                             Isento                                –
  2. Faixa de R$ 22.847,77 até R $ 33.919,80               7,5 %                     R$ 1.713,58
  3. Faixa de R$ 33.919,81 até R $ 45.012,60               15 %                       R$ 4.257,57
  4. Faixa de R$ 45.012,61 até R$ 55.976,16                 22,5 %                   R$ 7.633,51
  5. Faixa acima de R$ 55.976,16                                     27,5 %                   R$ 10.432,32

Cálculo Imposto de Renda 2022

Para a apuração do imposto de renda , não deve ser levado em consideração apenas o salário do contribuinte, mas também toda a receita que obteve durante o ano.

Veja a tabela abaixo:

Valor                                                                            Alíquota             Parcela a deduzir do IRPF

  • Até     R$ 22.847,76                                            Isento                       R$ 0,00
  • Entre R$ 22.847,77  e R$ 33.919,80              7,5%                          R$ 1.713,58
  • Entre R$ 33.919,81 e R$ 45.012,60               15%                            R$ 4.257,57
  • Entre R$ 45.012,61 e R$ 55.976,16                22,5%                        R$ 7.633,51
  • Acima de R$ 55.976,16                                     27,5%                         R$ 10.432,32

Cálculo no modelo completo

Para calcular o imposto de renda completo, a Receita Federal calculará inicialmente a soma de todos os lucros tributáveis informados pelo contribuinte. Funciona da seguinte forma:

  • Subtraia as despesas dedutíveis incluídas no relatório desse valor.
  • Essa conta derivará a base de cálculo do IR para essa pessoa.
  • Definido esse valor, a receita aplicará a taxa correspondente à faixa de renda anual.
  • O próximo passo é descontar o valor do imposto de renda pago pelo contribuinte ao longo do ano – manter na folha de pagamento ou pagar pelo Carnê-Leão.

Depois de manter as contas, a autoridade fiscal apura os impostos e taxas finais da pessoa. Se for positivo, um reembolso será emitido. Se for negativo, é necessário pagar uma taxa adicional ao RFB.

É importante lembrar que os descontos dedutíveis aqui podem ser superior a 16.754,34 reais. Em resumo, para calcular o imposto de renda no modelo completo, execute as seguintes etapas:

  • Subtração: receita tributável total – despesas dedutíveis totais = base de cálculo do imposto
  • Multiplicação: Aplicação da alíquota do IR na base de cálculo = imposto a pagar pelo contribuinte
  • Subtração: Imposto a receber – imposto pago no ano = valor do IR a ser pago ou devolvido.

Cálculo no modelo simplificado

No caso do modelo simplificado, o primeiro passo é consolidar todo o lucro tributável recebido pelo contribuinte ao longo do ano. Isso significa que a Receita Federal coleta o valor dos salários, pensões da previdência social, rendimentos do trabalho autônomo, aluguel e pensão alimentícia.

Essa conta não engloba rendimentos isentos, que são:

  • Doações
  • Heranças
  • Retorno da caderneta de poupança.

Após a realização desta etapa, a “receita” assumirá o valor total, sendo aplicado um desconto de 20% sobre o lucro tributável. No entanto, essa dedução está limitada a R $ 16.754,34.

A partir disso, obtém-se o valor da base de cálculo do imposto de renda. Nesse momento, a autoridade tributária verificará o tipo de imposto do contribuinte e adotará a alíquota correta. O próximo passo é verificar o que a pessoa pagou de IR no ano – desconto de salário ou mensalidade paga através do Carnê-Leão.

Esse valor é deduzido do imposto de renda devido, de forma que a receita atinja o valor final do imposto. Aqui, os contribuintes podem determinar se têm direito a um reembolso ou se precisam pagar mais impostos.

Em resumo, o cálculo no modelo simplificado é dividido em três etapas:

  • Subtração: soma do lucro tributável -20% = base de cálculo do imposto de renda
  • Multiplicação: alíquota do IR com base na base de cálculo = imposto a pagar pelo contribuinte
  • Subtração: Imposto a pagar – impostos pagos ao longo do ano = valor do IR a ser pago ou devolvido.

Isenção de Imposto de Renda 2022

De acordo com as regras da regulamentação tributária federal, no IRPF 2022, estão isentas de tributação pessoas com renda inferior a R$ 28.559,70 em 2020 (ano calendário).

No entanto, em certas circunstâncias específicas, os cidadãos podem solicitar a isenção de impostos. Eles são descritos no site oficial da agência, mas abaixo vamos mencionar alguns deles:

  • Pessoas com doenças graves
  • Incluindo AIDS
  • Alienação mental
  • Doenças cardíacas graves
  • Cegueira
  • Esclerose múltipla e 11 outras doenças
  • Pessoas com renda relacionada a aposentadoria, pensão ou aposentadoria

Para solicitar a isenção de Imposto de Renda 2022, é necessária a produção de laudo pericial atestando a doença.

Consequências de não declarar o Imposto de Renda

Você já deve saber que tentar enganar a Receita Federal para pagar menos impostos é um crime e é chamado de sonegação de impostos. Quando o contribuinte é preso, além de pagar multa, também pode ser condenado a dois a cinco anos de prisão.

Portanto, se você achar que cometeu um erro ou se esqueceu de notificar os dados no relatório, pode enviar uma correção ao RFB (gratuitamente) por um período máximo de cinco anos.

Isso porque durante o período acima mencionado, o sujeito realiza a chamada “malha fina”. Verifique se as informações que o computador pode fornecer são a interseção de dados.

Se a Receita Federal Imposto de Renda 2022 encontrar algo estranho em sua declaração, ele o examinará em detalhes e poderá solicitar esclarecimentos. Mas se você já fez retificações antes, isso será considerado uma prova de que você não agiu de forma maliciosa, por exemplo, reduzirá suas chances de ir para a cadeia.


Preparamos este guia completo para iniciantes, para que você possa tentar tirar suas principais dúvidas e seguir os passos para declarar imposto de renda 2022 sem erros. Espero que tenha te ajudado.

Então, gostou do post de hoje sobre Imposto de Renda 2022? Deixe nos comentários abaixo, a sua opinião é muito importante para nós. E não se esqueça de compartilhar este texto em suas redes sociais, para outras pessoas, também possam ter acesso a esse conteúdo. Até a próxima.