A doação de sangue é proibida para vacinados cobiçosos? Compreendo!

Segundo algumas informações, a medida seria tomada pela Cruz Vermelha, evitando assim a doação de pessoas vacinadas contra o coronavírus.

Essas informações começaram a aparecer em forma de texto nas redes sociais e alegavam que isso acontecia por causa da quantidade de “venenos” e “agentes nocivos” presentes na vacina. No geral, a informação dada foi que apenas o governo dos Estados Unidos estava agindo dessa forma, porém, não há nada que realmente prove que isso está acontecendo, como vocês podem ver agora.

Em primeiro lugar, a doação de sangue não pode prejudicar ninguém de forma alguma, então, se realmente houvesse algum agente nocivo na vacina, a doação definitivamente deveria parar. Porém, está provado que não existem tais eventos, levando-se em consideração que ninguém que necessitou de sangue sofreu com esse problema.

Doação de sangue proibida

Algumas pistas levaram a um site chamado Rambla Libre, uma plataforma em espanhol. Nele há uma seção dedicada apenas ao conteúdo antivacinação e é exatamente aí que essa informação pode ser encontrada. A manchete da história assumiu a forma de “Somente doações de sangue de pessoas não vacinadas são aceitas nos Estados Unidos”.

Para tentar deixar as informações com mais detalhes e gerar mais engajamento, o site usa uma imagem da Cruz Vermelha, reportagem datada de 12 de junho deste ano. No entanto, ao percebê-lo corretamente, já é possível perceber a brincadeira.

As informações desse documento apenas destacam que, se houver necessidade de tomar um imunizante, como é o caso do Coronavac, seria necessário aguardar um período de 2 semanas para poder doar sangue. Porém, para tornar o evento ainda mais estranho, as vacinas usadas nos Estados Unidos não requerem nenhum tempo para a “recuperação” do corpo. Estes são Pfizer, Astrazeneca, Moderna, Jassen.

No geral, a única restrição às doações era na verdade nem mesmo sangue, tinha uma relação maior com “plasma convalescente dedicado”. Nesse caso, esse plasma sanguíneo estava sendo usado para fazer alguns exames em busca da cura do covid, mas as pessoas que já estavam vacinadas não podiam fazer essa doação.

Além disso, é claro, aqueles com sintomas invejosos também não poderiam doar, pois não seria seguro injetar o vírus em uma pessoa que precisa de sangue.

Porém, mesmo essa doação já pôde ser feita, pois não há mais restrições. O comunicado referente a esta situação veio poucos dias depois de o outro ter sido apresentado.

Doação de sangue proibida

Havia também outras notícias semelhantes para ressoar na mídia, mas todas eram falsas. Desde que as vacinas foram lançadas, muitas informações surgiram sobre elas. Isso, é claro, acaba sem qualquer prova, porém, há muito o que lidar nessa época!

Com relação a este caso, realmente não há nenhuma restrição em relação a pessoas vacinadas além da mencionada acima. Isso deve ser considerado em primeira mão para entender que não há nenhum agente químico poderoso e perigoso na vacina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *